30 de mar de 2011

Não da mais #dedicado



No dia em que você disse que não da mais me senti como um noivo abandonado no altar, um recém nascido deixado pela mãe um verdadeiro paraplégico em um naufrágio sem boias, ou alguem por perto para ajudar. Eu chorei, me humilhei, tentei de tudo e você simplismente disse "não da mais". Dentre as pessoas que gostei você foi a única que amei, dentre as pessoas que fiz alguma prova de amor você foi pela qual fiz loucuras dentre as pessoas que eu inludi você foi a única que não consegui fazer isso e, mais me ouviu dizer pela primeira vez na vida eu teamo, não foi um eu te amo qualquer como tantos outros eu tinha dito antes, eu verdadeiramente te amo. Mas como para um noivo abandonado sempre havéra uma noiva em algum outro lugar, para o recém nascido tem um casal cheio de esperança para adotar, e para o paraplégico tem um Deus bondoso que numca irá abandona-lo, sempre terá uma outra pessoa para eu amar, e com essa mesma certeza não havéra niguem para te amar tanto quanto te amei.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário